OS POSICIONAMENTOS DE VIDA RADICAIS DE UM CIDADÃO DO REINO

TEXTO BASE: Lc 14:25-27;33

A cada segundo que passa está mais próximo a nossa redenção. Isso nos traz uma responsabilidade singular que demanda de cada um de nós uma auto avaliação de quem nós somos e se estamos vivendo como cristão verdadeiro. E como cidadão do reino é necessário termos posicionamentos e fundamentos de vida radicais adequados com esta cidadania. Nesta oportunidade iremos destacar três realidades que devemos compreender como cidadãos do reino:

1) É NECESSÁRIO RENUNCIAR PARA SE TORNAR UM DISCÍPULO:

Ser discípulo é ter ideia clara e verdadeira sobre o senhorio do Senhor Jesus sobre as nossas vidas. Há uma soberania absoluta e plena de Deus na vida de um discípulo genuíno, onde reconhece que é totalmente dependente do seu Senhor. Tudo que temos (casa, família, patrimônio, etc.) nada significa diante da soberania divina sobre nossas vidas. Jesus disse: Se você não renunciar a tudo isto, você não pode ser meu discípulo, Lc 14:25-27;33.

Você se considera realmente um discípulo de Jesus? R: Se você não renuncia a tudo quanto tem, se o Senhor, não for Senhor absoluto da sua vida. Você não pode se considerar um discípulo de Jesus!

2) PODEMOS SER LIBERTOS DA ESCRAVIDÃO DO PECADO

Precisamos rever o nosso caminhar. Muitos que se dizem cristãos ainda são escravos do pecado (Rm 6:6). Não podemos ter a vida presa em alguma coisa errada. Desvencilhe desta escravidão para que Jesus seja realmente o Senhor da sua vida.

Um dos primeiros passos na vida de um discípulo é a abdicação, renúncia, morte para o pecado. Ressurgindo para uma nova vida e tomando uma nova postura no seu caminhar.

É fácil você se negar? R: Não é fácil negar paixões, vícios e sentimentos antigos e relacionamentos que não edificam. Negue-se a si mesmo, siga a Cristo (Lc 9 23-25).

3) NOS ESTÁ DISPONIVEL UM NOVO CARÁTER.

O Senhor nos dota de novo caráter, que é uma capacitação exclusiva do Espírito Santo que precisa encontrar em nós um coração humilde que reconhece que a justiça humana é trapo de imundícia (Is 64:6). O poder do Espírito Santo nos capacita com um novo coração (Ez 11:39). A graça de Deus nos capacita a renunciar à impiedade e às concupiscências mundanas. E através desta maravilhosa graça podemos viver de modo sóbrio, justo e piedoso (Tito 2:11,12).

O que precisamos fazer para ter um caráter compatível de um verdadeiro discípulo? R: Tomar uma decisão e deixar o Espírito Santo agir em nossas vidas. Hoje é um dia de oportunidades (Is 55 6-7). Não adianta continuar do mesmo jeito. Reveja sua vida e tome uma decisão. Entenda que o Senhor está sempre pronto para nos abençoar com seu amor ilimitado, perdoar as nossas falhas e abrir as portas para um novo tempo.

Vamos orar, reconhecendo que precisamos da capacitação do Espírito Santo para ter um caráter mais próximo de um verdadeiro discípulo.