LIBERTAÇÃO NA MINHA CASA
TEXTO BASE: Mc 5.1-20

Neste estudo abordaremos o quão grande é o amor de Deus conosco e nossa família. Para Deus não importa o tamanho do problema e nem onde estamos, seu amor incondicional O leva a nos buscar e resgatar nos lugares mais difíceis sem se importar com as dificuldades Para a sociedade podemos ser um caso perdido, sem cura, mas para Deus somos importantes e Ele quer nos libertar de todo mal e nos direcionar  para nossa família. Tudo que Deus fez e faz em nossa vida tem um propósito, em Mc 5.1-20, Jesus, salvou aquele homem com o propósito que Seu Evangelho fosse proclamado naquela região, começando por sua família. Isso nos leva a refletir o quanto a ação do inimigo quer destruir a família e, para isso, usa vários artifícios que podem impedir o relacionamento familiar.

1- O ressentimento pode destruir relacionamentos?

Facilitador: O ressentimento nos leva a endurecermos nosso coração, afastando de nós a possibilidade de um relacionamento com Deus, com nossos familiares e irmãos, causando um isolamento. Na Bíblia temos a história de José, onde percebemos que o ressentimento o afastava de seus irmãos, mesmo ocupando uma posição de destaque na sociedade. Em Hb 12.14-15 destaca a importância de nos esforçamos para vivermos em paz com todos. A libertação deste mal chamado ressentimento se dá através do perdão.

2- A incredulidade e a murmuração são meios que o inimigo usa para destruir as famílias. De que forma podemos afastar este mal de nossos lares?

Facilitador: Devemos dar Graças a tudo por tudo, evitando dar importância e criticar as falhas dos nossos irmãos (Fl 2.14-16). Deus pode  transformar nossa vida através do Seu amor, do amor de Jesus, pois o Seu propósito é que sejamos benção em nossas família e não maldição. Todos os dias nossa fé deve ser renovada na pessoa de Jesus Cristo (Fl 4.6).

3- Orgulho é um pecado abominável para Deus. Como evitar a destruição da família por este mal?

Facilitador: O orgulho pode ser identificado quando damos o crédito de nossas conquistas a nós mesmos, e isso desagrada a Deus (Pv 16.18-19). O orgulho nos torna pessoas soberbas, nos afastando dos caminhos de Deus, consequentemente nos afasta de nossa família, do nosso lar (Tg 4.6), mas Deus nos capacita nos dando graça (Fl 2.5-11). A libertação do orgulho se dá com a humildade, temos que nos humilhar diante de Deus, reconhecendo que só Jesus pode nos salvar desse mal, e Ele é o maior exemplo de humildade.

Conclusão: As forças do mal se levantam para tentar impedir a realização do plano de Deus em nossas vidas. Mas, precisamos entregar o nosso viver a Deus por meio de  Jesus Cristo, crendo que Ele tem todo o poder no céu na terra e nos concede a vitória contra o mal (Mt. 28.18). Todos nós carecemos de libertação, pois todos somos pecadores (Rm 3.23). Jesus não obriga ninguém o aceitá-lo, mas espera que todos possam obedecê-lo. Precisamos compartilhar com outras pessoas o que Jesus fez e faz em nossas vidas.