A REVELAÇÃO DO EVANGELHO

Texto Base: Rm: 1.17.

Textos Complementares: Gl: 3.11; Hc: 2.4; Fl: 1.6, 1Co: 3.11; 2Co: 3.18; Pv: 4.18

 

Graça e paz amados. Nossa meditação de hoje traz um dos textos mais marcantes utilizados por Martinho Lutero durante a reforma. Para este momento histórico de nossa igreja, cremos naquilo que Deus quer mover em nosso meio, assim como fez no período da Reforma Protestante. Vamos as reflexões?

  • No v. 17 de Romanos, lemos que no Evangelho é revelada a justiça de Deus e ela tem uma relação com a fé. A expressão enfatiza que a justiça de Deus é experimentada pela fé e por nada mais além da fé (Hc: 2.4 e Gl: 3.11 reforçam a ligação entre justiça e fé – em nosso caso, cremos sem termos visto). Em Paulo, cada um dos termos-chave (justo, viverá e fé), é atribuído um significado mais profundo a luz da vinda de Cristo, afirmando que a vida diante de Deus exige o comprometimento sincero do indivíduo. Como entender isso de forma prática?

Resposta: A justiça de Deus é revelada, a medida que o evangelho é pregado e as pessoas respondem a mensagem pela fé (crendo), pois é nesse momento que Deus age para conduzir o pecador a um novo relacionamento com Ele, a um relacionamento de “justiça” (fidelidade).

  • Martinho Lutero como estudioso e teólogo provavelmente já tinha lido este texto de Romanos 1.17 várias vezes, mas em um momento específico, algo transformador e libertador ocorreu no seu íntimo. Algo semelhante pode ocorrer em nossas vidas? Precisamos diariamente de conserto?

Resposta: Sim. Todos os dias precisamos estar atentos e sensíveis ao agir de Deus através do Espírito Santo em nossas vidas (Fl: 1.6). A Fé não é um sentimento e não podemos manipular Deus nem Seu agir. Martinho Lutero experimentou esta experiência pois entendeu a revelação da justiça de Deus através do evangelho quando sua mente foi renovada (a Reforma aconteceu primeiro no coração de Lutero – Pv: 4.18).

  • Como descrito no texto base, explicamos acima que o evangelho revela a justiça de Deus. Como isto se revela aqui na terra?

Resposta: A justiça de Deus aqui na terra se chama Jesus Cristo. Significa dizer que a justiça de Deus foi satisfeita em Jesus (se revela Nele – 1Co: 3.11). Em nossas vidas, o Evangelho de Cristo (Sua mensagem), revela um novo estilo de vida (2Co: 3.18). Portanto, a vida cristã serve para nos fazer vitoriosos diante do mundo, do pecado e do diabo.

 

Equipe Palavra da Célula