TEMA: RETIDÃO

Texto Base: Oseias: 10.12

Textos complementares: Cl: 2.6,7; 1Pe: 1.9; 2 Cor: 2.14,15; Mt: 5.6,20; Mt: 6.33,34; Is 64.6; Pv: 2.1-10.

Oseias foi um dos profetas menores e em seu tempo presenciou a infidelidade do povo para com Deus.

Diante disso, orientou o povo sobre as consequências de suas atitudes erradas e os incentivou ao arrependimento.

Em Oseias 10.12 o profeta destaca alguns pontos que servem para nossa reflexão hoje:

1- Retidão: O que podemos compreender sobre retidão?

Neste texto, o termo “retidão” está associado ao sentido de semeadura, portanto conclama o povo a “plantar” posturas corretas. Esta compreensão nos remete aos nossos dias. Fala sobre semearmos em Justiça, pois quando andamos de maneira que agrade a Deus, evidenciamos a Justiça de Deus no cumprimento de Sua Palavra em nossas vidas.

2- Lealdade: Como entender a lealdade neste contexto?

Lealdade, aqui, se refere ao fruto (resultado, consequência) do que se plantou. Semeando retidão, colheremos lealdade. Lealdade da parte de quem? Se Israel tão somente fizesse o que era certo, seria abençoado por Deus (lealdade traduz a palavra hebraica hesed, que significa conduta correta diante do próximo e diante de Deus). 

3- “Arar o campo da colheita”: como podemos compreender esta expressão?

Deixando de ser improdutivo, arrependendo-se, fazendo um novo começo radical e tornando-se frutífero. Além disso, vale ressaltar que não é possível semear em qualquer terreno, precisamos retirar os espinhos do terreno (arar a terra).

4- Santidade ao Senhor: O que isto quer dizer?

Que espinhos seriam esses mencionados anteriormente? O que precisa ser retirado do terreno das nossas vidas para semearmos retidão e colhermos lealdade? Esses perguntas nos levam a uma auto análise profunda para identificarmos as práticas que precisamos evitar.

Da mesma forma como o povo de Israel foi orientado por Deus através do profeta Oseias, hoje somos chamados ao arrependimento e mudanças conscientes, já que somos responsáveis por nossas escolhas e atitudes. A lei da semeadura é clara.

Como anda o terreno da sua vida? Que sementes você tem plantado? Quais frutos você tem colhido? É tempo de mudanças radicais em nossas vidas.

 EQUIPE PALAVRA DA CÉLULA